quinta-feira, 2 de agosto de 2012

É hoje! 2.615 dias após ser denunciado mensalão começa a ser julgado.


Hoje dia 2 de agosto de 2012 à exatos  2.615 dias após denúncia do mensalão o Superior Tribunal Federal começa a julgar um dos maiores se não o maior escândalo de corrupção na historia da País.
Os 11 Ministros do STF, julgam 38 acusados e o destino de mais 200 milhões de Brasileiros. 
Celso de Mello, Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes, Cezar Peluso, Ayres Britto, Joaquim Barbosa, Ricardo Lewandowski, Carmen Lúcia, Dias Toffoli, Luiz Fux e Rosa Weber. Essas 11 pessoas carregam a responsabilidade de moralizar o Brasil.
Podem mudar a cultura política brasileira, podem entrar para a historia do Brasil, como símbolo, protagonista e marco do dia em que as leis brasileiras disseram aos poderosos que eles não podem tudo.
Mas também poderão ser execrados como exemplos da impunidade.

O caso “MENSALÃO”.

Mensalão é o nome do principal escândalo que atingiu o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2005 - durante o primeiro mandato - e que consistia em um esquema de pagamento de propina a parlamentares para que votassem a favor de projetos do governo.
A crise começou com uma entrevista em junho de 2005 em que Roberto Jefferson, à época deputado federal, disse para o jornal Folha de S.Paulo que o mensalão existia e envolvia o PT, PL [que hoje se fundiu com o Prona e virou PR], PTB e outros . O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares foi a público negar que pagava a mesada
Foi no depoimento ao Conselho de Ética da Câmara que Jefferson contou que havia avisado os ministros Aldo Rebelo, Walfrido Mares Guia, Ciro Gomes, Miro Teixeira, José Dirceu e Antonio Palocci sobre o esquema. Dirceu e Palocci negaram terem sido alertados, mas os outros admitiram que sabiam.
José Dirceu, que era considerado o homem forte de Lula, pediu para sair da Casa Civil e foi substituído pela atua Presidenta da Republica Dilma Rousseff, Roberto Jefferson se licenciou da presidência do PTB, Delúbio Soares se licenciar do cargo de tesoureiro do PT.
Em julho de2005 foi instalada a CPI do Mensalão que ouviu praticamente todos os envolvidos no caso.
Em 12 de agosto de 2005, o presidente Lula fez um pronunciamento na TV em que se disse "traído" e afirmou que o ''PT tem que pedir desculpas", mas não citou nomes. Em 30 de agosto, Delúbio envia à CPI do Mensalão uma carta envolvendo PSB e PC do B no esquema.
A CPI do mensalão aprova em setembro relatório que pede a cassação de 18 deputados: Carlos Rodrigues (PL-RJ), João Magno (PT-MG), João Paulo Cunha (PT-SP), José Borba (PMDB-PR), José Dirceu (PT-SP), José Janene (PP-PR), José Mentor (PT-SP), Josias Gomes (PT-BA), Paulo Rocha (PT-PA), Pedro Corrêa (PP-PE), Pedro Henry (PP-MT), Professor Luizinho (PT-SP), Roberto Brant (PFL-MG), Roberto Jefferson (PTB-RJ), Romeu Queiroz (PTB-MG), Sandro Mabel (PL-GO), Valdemar Costa Neto (PL-SP) (que já havia renunciado um mês antes), Vadão Gomes (PP-SP), Wanderval Santos (PL-SP). Destes, apenas Dirceu, Corrêa e Jefferson perderam o mandato e com isso os direitos políticos por oito anos.
Em outubro, o PT expulsou Delúbio, que tinha autonomia para administrar as despesas e receitas do PT e em dezembro a CPI dos Correios divulga relatório que aponta para a existência do mensalão em quatro padrões de funcionamento do esquema: pagamentos semanais para o PL, dinheiro para trocas de partido, compra de votos de parlamentares e pagamentos para o PP.
Com o passar do tempo, Lula foi mudando de opinião. À Justiça, após a fase de instrução da ação penal do mensalão, o ex-presidente defendeu aqueles que antes chamava indiretamente de traidores. Em vários depoimentos que hoje compõem as defesas de réus como o ex-ministro José Dirceu, Lula afirmou desconhecer “qualquer ilicitude relacionada à votação da reforma da previdência pelo Congresso Nacional” e atos irregulares cometidos por integrantes do partido.
Hoje dia 2 de agosto de 2012 a exatos  2.615 dias após denúncia do mensalão o STF começa maior julgamento de sua história.


Mensalão supera Collor nos números, mas estratégia de defesa deve ser a mesma.

Em números, processo do mensalão bate todos os recordes do STF, a ação tem 50 mil páginas, 38 réus, 600 testemunhas e previsão de 90 horas de julgamento. Superando um muito o caso do ex-presidente Fernando Collor de Melo.
Quase 20 anos depois do impeachment do ex-presidente Fernando Collor no Congresso, os argumentos jurídicos que garantiram sua absolvição pela Justiça vão servir de modelo para os réus do mensalão.
Collor foi acusado de corrupção passiva e absolvido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 1994. Dos 38 réus do mensalão, 10 são acusados de corrupção ativa e 12 de corrupção passiva. O caso Collor é citado pela defesa de figuras centrais do mensalão, como o ex-ministro José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o publicitário Marcos Valério.
A absolvição de Collor por falta de provas é um precedente importante porque é o único caso relevante de corrupção julgado pelo STF até hoje.

Cronologia do Julgamento.

Hoje será lida a acusação pelo Procurador Geral da República, Roberto Gurgel que terá 5 horas para apresentar as razões para o pedido de condenação de cada um dos réus. Gurgel já anunciou que a acusação é centrada principalmente no núcleo que comandou o Mensalão formado por José Dirceu, Delúbio Soares e o publicitário Marcos Valério. Amanhã começa a defesa dos acusados. O primeiro advogado a falar será o de José Dirceu. A partir de hoje, o Brasil terá um olho nas medalhas das Olimpíadas de Londres e outro no julgamento do Mensalão. Que se faça justiça. Esse é o sentimento da opinião pública.

De olho “STF transmitirá julgamento ao vivo pela TV e pela internet”

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai transmitir ao vivo a partir das14h de hoje, 2 de agosto, pela TV e pela internet, o julgamento do mensalão.
A transmissão vai ocorrer no canal a Cabo (Sky: canal 117, TVA Sul - canal 78, Net Curtiba - canal 08) e também pela internet no http://www.tvjustica.jus.br/assista_online.php (www.tvjustica.jus.br)



#Siga o blog, e acompanhe mais noticiass.
Aproveito, para lembrar ao leitor que o Blog do Leonardo Costa está participando como convidado ao premio TOP BLOG BRASIL 2012.  Ajude votando no link http://www.topblog.com.br/2012/index.php?pg=busca&c_b=21134389 ou clicando no banner do concurso ao lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para evitar problemas, serão publicados apenas comentários com autoria identificada.

Atenciosamente Leonardo Costa.

Tags

São José dos Pinhais (153) Prefeitura de São José dos Pinhais (79) Eleições 2012 (53) SJP (44) Setim (37) Eleições Municipais 2012 (33) Leonardo Costa (28) Paraná (28) Ivan Rodrigues (25) Prefeito (21) São Jose dos Pinhais (18) Brasil (17) Nossa São José (17) ROCHA LOURES (17) Cultura (16) Noticias (16) Aconteceu (15) CARLA GAPSKI (15) Vereadores (15) politica (14) eleito (13) PSDB (12) VEREADOR (12) Eleitorado (10) oposição (10) Beto Richa (9) Blogueiro (7) Justiça Eleitoral (7) Patrimônio Histórico (7) TSE (7) politicos (7) Curitiba (6) Câmara (6) DEM (6) Francisco Buhrer (6) Professor (6) Redes Sociais (6) Candidato (5) Debate (5) Decreto Legislativo nº. 1177/2011 (5) Enchentes (5) Fotos (5) JPSDB (5) JPSDB-SJP (5) PSD (5) SAÚDE (5) TCE (5) Atlético (4) Blog (4) CPI (4) antigamente (4) capital (4) Administração (3) Compac (3) DEMUTRAN (3) Eleições anulada (3) Leopoldo Meyer (3) PCB (3) PDT (3) PMDB (3) PT (3) Sebastião Côrtes (3) União por São José (3) resultado (3) Anatel (2) Associação Comercial (2) Casarão Massaneiro (2) Censo (2) Crime (2) DEMOCRATAS (2) Delegacia (2) EUA (2) Greve (2) Lei 12.619 (2) Lei do Ficha Limpa (2) Leopoldo Scherner (2) Mensalão (2) PSB (2) PSDC (2) PUC (2) cavaletes (2) etanol (2) CPI da SAUDE (1) Doação (1) Gustavo Fruet (1) JOSÉ AUDUSTO (1) Lei 9.504/97 (1) Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) (1) Lei sobre o n° 3357/12 (1) Lei12.653/12 (1) PCdoB (1) PRP (1) PSC (1) PTB (1) PTdoB (1) Resolução nº. 23.373/2011 (1) opinião (1) respostas (1)