quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

PS veterinário 24hrs, nas grandes cidades do Estado do Paraná!

Uma matéria no Blog do Alberto Nogueira (http://bronca-blogdobronca.blogspot.com/)chamou minha atenção.
Entrei em contato com Deputado Estadual autor do projeto inicialmente pelo twitter. O deputado respondeu aos meus questionamentos em 140 caracteres. 
A conversa ficava cada vez mais longa, então ele pediu para ligar para seu gabinete e falar com sua secretaria, pedir para ela repassar a proposta do projeto.
Com o projeto completo em mãos analisei todo o conteúdo da proposta e formei a minha opinião. Tem pontos no projeto que valem uma reflexão.
A Justificativa do Parlamentar é “A superpopulação de cães e gatos abandonados representa um grave problema para a sociedade, a permanência desses animais nas vias públicas, o grande número de cães esfomeados e doentes, mortos ou feridos por acidentes, desnutridos, abandonados e/ou indesejados pelos seus proprietários e que sofrem atos de maus tratos e crueldade ou eutanásia pelos órgãos de saúde governamentais é um fato que necessita ser administrado.”.
Nesse quesito concordo com o deputado, é um assunto que tem que ser debatido e administrado.
A meu ver, castração animal  cumpre esse parte do projeto.
O ponto de discordância é principalmente o artigo 1°, 2° e 3° do projeto de LEI n° 704/11.

Art. 1º - Fica estabelecido que o poder executivo poderá criar um pronto-socorro veterinário gratuito - 24h, nas cidades com mais de 250.000 (duzentos e cinqüenta mil) habitantes, no âmbito do Estado do Paraná, com a finalidade de atender a animais de pequeno  e grande porte.

Art. 2º - O serviço será gratuito e terá como finalidade a castração, a vacinação e o socorro aos animais acidentados, doentes ou abandonados em logradouros públicos.

Art. 3º - O serviço será composto de viaturas, central telefônica e equipe plantonista composta de veterinário, auxiliar veterinário e motorista.

Questionei sobre de onde sairia essa verba para o Pronto Socorro Veterinário, pergunte se a verba sairia da SAÚDE o deputado respondeu “Não é com dinheiro da saúde. É recursos do Fundo do Meio Ambiente.
No calor do debate sobre a utilidade do PS Veterinário  uma terceira pessoa entrou na conversa e declarou apoio ao parlamentar  com o seguinte depoimento “ O meu yorkinho agradece se vir o SUS e tdos os cãezinhos de ctba.Cada consulta é na media d R$ 60,00.

Segue abaixo copia do projeto de lei N°741/11 de Autoria do Deputado NEY LEPREVOST. (Reprodução autorizada pós contato "Como o projeto em questão ainda pode ter partes de sua redação alterada através de emendas dos deputados.")






Gosto muito dos animais, tenho os meus e cuido com carinho. Bicho de estimação não é brinques que enjoou e você joga fora.
Acredito que a intenção do deputado é das melhores, mas a meu ver há outras prioridades para serem sugeridas e discutidas.
Tem que haver políticas publica para o controle da população desses animais sim.
Mas ambulâncias equipadas, pronto socorro e plantonistas. Um tanto quanto exagerados,  num Estado e País onde pessoas morrem na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) buscado um simples atendimento.
Como São José dos Pinhais, cidade onde moro tem mais 250 mil habitantes e preenche pré-requisitos do projeto proposto de um Pronto Socorro Veterinário 24 horas, e o Deputado tem eleitores na cidade, decidi abordar esse assunto.
Assunto delicado, ao menos esse projeto colocou em discussão o assunto que merece reflexão.
Deixe a sua opinião sobre esse assunto.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Unidade SESC SENAC em São José dos Pinhais.


Hoje na câmara Municipal de São José dos Pinhais o presidente da FECOMERCIO Darci Piana anunciou a possível construção de uma unidade do SESC/SENAC em São José dos Pinhais no lugar onde atualmente abriga a sede campestre do Clube Aliança, área que a prefeitura busca na justiça o seu retorno ao Município.
Darci Piana relatou que o projeto prevê a construção de dois prédios, um para a SESC e outro para o SENAC, a área verde que é abundante naquele local será preservada, o mesmo falou que a de São José dos Pinhais será beneficia com uma pista de Cooper no local. Segundo o mesmo, cidades paranaense que ganham uma unidade do SESC/SENAC tiveram benefícios na área de Saúde devido projetos esportivo e cultural que a entidade oferece, em alguns casos queda de 20% nos atendimentos de saúde a população num prazo do 2 anos.
A construção, o prazo para o inicio da obra é de 24 meses após a assinatura da parceria. Após o inicio da obra um prazo máximo de 36 meses para a conclusão da mesma, esse prazo é uma norma da entidade, mas a idéia é do SESC SENAC São José dos Pinhais ficarem pronto para a COPA de 2014.
O projeto será votado no Câmara Municipal.

Tags

São José dos Pinhais (153) Prefeitura de São José dos Pinhais (79) Eleições 2012 (53) SJP (44) Setim (37) Eleições Municipais 2012 (33) Leonardo Costa (28) Paraná (28) Ivan Rodrigues (25) Prefeito (21) São Jose dos Pinhais (18) Brasil (17) Nossa São José (17) ROCHA LOURES (17) Cultura (16) Noticias (16) Aconteceu (15) CARLA GAPSKI (15) Vereadores (15) politica (14) eleito (13) PSDB (12) VEREADOR (12) Eleitorado (10) oposição (10) Beto Richa (9) Blogueiro (7) Justiça Eleitoral (7) Patrimônio Histórico (7) TSE (7) politicos (7) Curitiba (6) Câmara (6) DEM (6) Francisco Buhrer (6) Professor (6) Redes Sociais (6) Candidato (5) Debate (5) Decreto Legislativo nº. 1177/2011 (5) Enchentes (5) Fotos (5) JPSDB (5) JPSDB-SJP (5) PSD (5) SAÚDE (5) TCE (5) Atlético (4) Blog (4) CPI (4) antigamente (4) capital (4) Administração (3) Compac (3) DEMUTRAN (3) Eleições anulada (3) Leopoldo Meyer (3) PCB (3) PDT (3) PMDB (3) PT (3) Sebastião Côrtes (3) União por São José (3) resultado (3) Anatel (2) Associação Comercial (2) Casarão Massaneiro (2) Censo (2) Crime (2) DEMOCRATAS (2) Delegacia (2) EUA (2) Greve (2) Lei 12.619 (2) Lei do Ficha Limpa (2) Leopoldo Scherner (2) Mensalão (2) PSB (2) PSDC (2) PUC (2) cavaletes (2) etanol (2) CPI da SAUDE (1) Doação (1) Gustavo Fruet (1) JOSÉ AUDUSTO (1) Lei 9.504/97 (1) Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) (1) Lei sobre o n° 3357/12 (1) Lei12.653/12 (1) PCdoB (1) PRP (1) PSC (1) PTB (1) PTdoB (1) Resolução nº. 23.373/2011 (1) opinião (1) respostas (1)